recollection lab.

Scroll to Info & Navigation

last minute d.i.y:

Ahh mas eu não poderia ir viajar sem fazer pelo menos um upcyclezinho pra mim, não acham!? Como o tempo que sobrou fui muito muito curto, uma customização muito muito rápida com uma ideia que partiu da minha mais nova - novinha mesmo, 15 aninhos - cliente, a Sofia, essa jovem designer promete!

fur upcycle #27:

Em mais uma reciclagem de pele as mangas do ex casaco da Jady serviram pra fazer um segundo colete. Siim, ela ficou com dois coletes de pele! Quer saber o porque!? Quem é mãe de filha adolecente sabe! Heheh.. O pulo do gato dessa customização ficou por conta de outra peça, um casaco de couro (que infelizmente meu cartão da câmera estragou e acabei perdendo as fotos “antes” desse projeto) que, literalmente, serviu de base para o novo colete, mesmo sem fotos acho que dá pra entender, certo!? Precisei tirar as mangas dele também e voilá.. Colete frente pelo/costas couro, suuuuper utilitário! Queria pra mim! =p

2 em 1:

Por mais lindo que seja, de nada adianta um casacão de pele parado no armário. O da Cathy era assim, bem moderno, bem lindão, bem folk com essa acabamento franjado, mas, nada de ela conseguir usar. E o pior! Quando o evento pedia, a “pobrezinha” nem tinha uma estolinha pra usar.. que pecado!! hehehe!

But not anymore! Pele casual em forma de colete e pele social em forma de estola estão na mão, pra essas belezuras brilharem fora do armário finalmente!

 we love lasagna: 

Ahhh pra que mais tradição que a boa e velha lasagna!? A da minha mãe é uma delícia! A do meu pai também! MAS, no almoço do dia dos pais ouvi boatos que essa minha versão pode vir a ser até melhor! 

Então, vem comigo nos links (e nos toquinhos pessoais) que usei nessa receita e supreenda a family toda! 

Começando pelo molho vermelho/bolognesa: 

http://gnt.globo.com/receitas/receitas/molho-bolonhesa-da-rita-lobo.htm

Adoro as receitas que a Rita Lobo faz no Cozinha fácil do canal GNT. Muito me baseio nelas e troco uma coisa ou outra de acordo com meu gosto, como nesse molho, ao invés de usar salsão, usei uma abobrinha que acho mais gostosa (e que tem tudo a ver com molho vermelho, deixa ele “levinho”) - e não, não apurei o molho 3 horas, sorry Rita. 

O molho branco/bechamel é igualzinho o dela sem tirar nem pôr. Ele serve para 427 receitas e sozinho numa massinha é delicioso também: 

http://gnt.globo.com/receitas/receitas/molho-branco-da-rita-lobo-bechamel.htm

Tudo pronto pra montar o prato e concordo com a Rita no quesito presunto, mas não no quesito queijo. Minha montagem é como a dela, mas, antes de começar uma nova camada.. Tasca-lhe queijo mussarela (e pesando bem..uns toquinhos de gorgonzola ficariam delícia, hein!?) o link da montagem é esse: 

http://gnt.globo.com/receitas/receitas/lasanha-bolonhesa-classica-da-rita-lobo.htm

Prontinho! Qualquer dúvida consulte sua mãe, pai, tio, tia, avó.. Sempre tem alguém na família com um segredinho especial para pratos tão tradicionais como esse. O da minha mãe é colocar um pouco de molho de pimenta no molho vermelho, ele fica mais fortinho, mais vermelhinho e beeem mais gostoso. =)

we love lasagna:

Ahhh pra que mais tradição que a boa e velha lasagna!? A da minha mãe é uma delícia! A do meu pai também! MAS, no almoço do dia dos pais ouvi boatos que essa minha versão pode vir a ser até melhor! Então, vem comigo nos links (e nos toquinhos pessoais) que usei nessa receita e supreenda a family toda! Começando pelo molho vermelho/bolognesa: http://gnt.globo.com/receitas/receitas/molho-bolonhesa-da-rita-lobo.htm Adoro as receitas que a Rita Lobo faz no Cozinha fácil do canal GNT. Muito me baseio nelas e troco uma coisa ou outra de acordo com meu gosto, como nesse molho, ao invés de usar salsão, usei uma abobrinha que acho mais gostosa (e que tem tudo a ver com molho vermelho, deixa ele “levinho”) - e não, não apurei o molho 3 horas, sorry Rita. O molho branco/bechamel é igualzinho o dela sem tirar nem pôr. Ele serve para 427 receitas e sozinho numa massinha é delicioso também: http://gnt.globo.com/receitas/receitas/molho-branco-da-rita-lobo-bechamel.htm Tudo pronto pra montar o prato e concordo com a Rita no quesito presunto, mas não no quesito queijo. Minha montagem é como a dela, mas, antes de começar uma nova camada.. Tasca-lhe queijo mussarela (e pesando bem..uns toquinhos de gorgonzola ficariam delícia, hein!?) o link da montagem é esse: http://gnt.globo.com/receitas/receitas/lasanha-bolonhesa-classica-da-rita-lobo.htm Prontinho! Qualquer dúvida consulte sua mãe, pai, tio, tia, avó.. Sempre tem alguém na família com um segredinho especial para pratos tão tradicionais como esse. O da minha mãe é colocar um pouco de molho de pimenta no molho vermelho, ele fica mais fortinho, mais vermelhinho e beeem mais gostoso. =)
Ah mas vocês não estavam mesmo achando que a minha #positee iria ficar sem um #custom touch, né!? Testando os novos enfeites bolinha que chegaram aqui no lab. Além de lindos, são super delicados, perfeitos pra aplicar em tecidos mais finos.. Dica pra quem, como eu, sabe o que é estragar uma camiseta tentando colocar tachas maiores.. 😉💎✨ #recollectionlab #tee #upcycle (at Recollection Lab.)

Ah mas vocês não estavam mesmo achando que a minha #positee iria ficar sem um #custom touch, né!? Testando os novos enfeites bolinha que chegaram aqui no lab. Além de lindos, são super delicados, perfeitos pra aplicar em tecidos mais finos.. Dica pra quem, como eu, sabe o que é estragar uma camiseta tentando colocar tachas maiores.. 😉💎✨ #recollectionlab #tee #upcycle (at Recollection Lab.)

Dica: pra limitar o desfiado até certo ponto, passe uma costurinha 😉 Cheers to a #colorfull friday! 💜💙❤️💛💚 (at Recollection Lab.)

Dica: pra limitar o desfiado até certo ponto, passe uma costurinha 😉 Cheers to a #colorfull friday! 💜💙❤️💛💚 (at Recollection Lab.)

black friday:

Quem não tem aquele casaqueto preto, ideal pra sair a noite e também naqueles encontrinhos mais formais, hein!? O fato é que o pretinho básico é necessário, mas não por isso ele precisa ser so boring..

Pra sair da mesmice a Marcinha procurou o lab. pra dar um jeito no pretinho dela, mas, quando observei os acabamentos do casaco vi como eram certinhos, bem feitos e com o forro mais quentinho da vida! Resolvi que não poderia mexer, apesar dela ter me pedido tachas. 

O que fazer, aí!?

Depois de algumas tentativas fracassadas, vem aquela que faz a gente pensar: como não pensei nisso antes!? Siim! A mais nova novidade do lab. são esses “patches” (aplicações) de tachas sobre camadas de tule. Esse, por sua vez delicadamente alinhavado na peça. Chic, né!?

Ps: cansou deles!? é só descosturar!!!